Conheça as particularidades de um pneu de F1

Conheça as particularidades de um pneu de F1Todos sabem que apesar de utilizar pneus e combustível da mesma forma que carros comuns, as máquinas da Fórmula 1 precisam ser especiais. Com relação aos pneus, a borracha utilizada não tem nada em comum com a usada em carros de passeio.

Os pneus são essenciais para que o carro tenha um bom desenvolvimento durante a corrida, porém, ultimamente as fabricantes têm usado fórmulas secretas, com borracha, preto de carbono, óleos, enxofre e aditivosos como ingredientes principais.

Outro ponto que influencia na fabricação de um pneu de F1 é a temperatura, pois precisam passar por aquecedores especiais a 100°C antes de serem utilizados nos carros, já que com a velocidade eles acabam atingindo altas temperaturas.

Para deixar um pneu ainda mais refinado, ele deve ser apropriado para asfalto seco ou molhado. Os compostos utilizados na fabricação devem fornecer aderência máxima em todos os tipos de circunstâncias e superfícies.

E por último, mas não menos importante, estão as ranhuras. Antigamente os pneus eram lisos, depois passaram a ter três ranhuras nos pneus da frente e quatro nos pneus de trás. Porém, a aderência dos carros diminuía demais. Sendo assim, os pneus passaram a ter quatro ranhuras tanto nos pneus de trás como nos da frente, ajudando na evolução da tecnologia aerodinâmica.

Veja também: Capacete de F1 x Capacete comum.

Seguindo normas e padrões da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), o Autódromo Internacional de Curitiba, em atividade desde 1967, é referência em qualidade, funcionalidade e segurança para provas de automobilismo e motociclismo. http://www.autodromodecuritiba.com.br/

Tags: , , Categoria: Fórmula 1

Comentários Facebook

Uma resposta para Conheça as particularidades de um pneu de F1

  1. Pingback: Curitiba Motor Show é neste fim de semana! - Blog do AutódromoBlog do Autódromo Internacional de Curitiba – BLog do AIC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *