Lugar de mulher é no volante!

Em iniciativa inédita, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) dá novos rumos ao esporte. Anunciou a criação de uma nova comissão para facilitar a participação das mulheres em todos os setores do esporte a motor.

A Comissão de Mulheres e Esportes de Motor (WMC, na sigla em inglês) realizou sua primeira reunião no final do mês de abril. O grupo de 19 integrantes, liderado por Michele Mouton – ex-piloto de Rali, foi recepcionado pelo presidente da FIA, Jean Todt. Vale lembrar que Michèle Mouton foi a primeira mulher a ganhar uma prova do Mundial de Ralis. Ao todo, foi vencedora em quatro ralis do Campeonato Mundial na década de 1980, além de ter sido vice-campeã do mundo em 1982.

A ideia da comissão é facilitar a participação das mulheres no esporte a motor, estimulando a sua presença no automobilismo, principalmente na Fórmula 1. O campeonato que não tem uma pessoa do sexo feminino em um cockpit desde Giovanna Amati, em 1992. A única mulher que conseguiu pontuar na categoria foi a italiana Lella Lombardi, quinta colocada em uma prova na década de 1970.

Nos bastidores, no entanto, já existem muitas as mulheres que trabalham diretamente com o automobilismo. Se a participação delas já é grande nos setores administrativos das principais categorias do esporte a motor, por que não se estender até as pistas? Para o presidente Jean Todt, a criação da comissão garante que a federação “apoie, promova e contribua para aumentar a participação da mulher no automobilismo para garantir a igualdade de oportunidades em todos os níveis”, declarou o francês.

Atualmente, Danica Patrick, Milka Duno, Simona de Silvestro, Sarah Fisher e Bia Figueiredo representam o sexo feminino em uma categoria “top” do automobilismo, a Fórmula Indy. Entre outras, também merecem destaque Susie Stoddart e Katherine Legge no DTM (Deutsche Tourenwagen Meisterschaf), assim como Natacha Gachnang no FIA GT.

2 comentários em Lugar de mulher é no volante!
Tags: , , Categoria: Automobilismo, Mulheres no Volante

Fórmula Superliga: a união de duas paixões mundiais

No post anterior, falamos sobre a fusão do automobilismo e do futebol. Hoje trazemos um pouco mais sobre a Fórmula Superliga (em inglês, Superleague Formula), onde essa união fica ainda mais evidente.

A categoria, que teve início em agosto de 2008, iniciou sua história nas pistas com 18 carros competindo, cada um com as cores e pintura de grandes clubes de futebol da Europa e do mundo.

As equipes são: AC Milan (Itália), AS Roma (Itália), Atlético de Madrid (Espanha), FC Basel (Suíça), FC Porto (Portugal), Galatasaray (Turquia), Girondins de Bordeaux (França), Liverpool FC (Reino Unido), Olympiacos (Grécia), Olympique Lyonnais (França), PSV Eindhoven (Holanda), RSC Anderlecht (Bélgica), Sevilla FC (Espanha), Sporting Clube de Portugal (Portugal) e Tottenham Hotspur (Reino Unido), Flamengo (Brasil) e Corinthians (Brasil), que também está nas categorias nacionais Stock Car e Fórmula Truck.

Com a aprovação da Federação lnternacional de Automobilismo (FIA), a Fórmula Superliga tem um carro representando cada clube de futebol, e todas as equipes têm carros idênticos e com a mesma tecnologia – motores V-12 de 750 cavalos. Em cada rodada, as equipes competem por prêmios em dinheiro – que ao final da temporada 2010 podem devem ultrapassar os 5 milhões de euros –  e pontos no campeonato.

Ao contrário da Fórmula 1 e de muitos outros campeonatos de monolugares europeus, não é preciso finalizar a corrida para ganhar pontos, apenas é necessário partir. Todos os circuitos atuais em uso na Fórmula Superliga foram construídos especialmente para a competição. O número de circuitos deve aumentar gradualmente até 2012, já que discute-se realizar corridas fora da Europa.

A temporada 2010 teve inicio em abril, no circuito inglês de Silverstone e deve encerrar-se em novembro.

Curiosidade – Um jogo de computador para a Superleague Formula foi feito pela Media Game e pela Image Space Incorporated, sendo publicado para PC a 31 de Outubro de 2009, apesar da data originalmente anunciada ser Setembro de 2009. O jogo, publicado para download pelo website oficial do campeonato, tem os 18 clubes e 6 circuitos da temporada de 2009.

Comentário
Tags: , , , Categoria: Superliga

Corinthians na Stock Car 2010 – Fórmula Superliga e os Gaviões na Pista

Uma paixão tão grande que haveria de transcender os gramados e as arquibancadas dos estádios de futebol. Quem é fanático pelo time paulistano ou acompanha a Stock Car agora em 2010, já sabe que a mais nova equipe a disputar a categoria é a do Corinthians.

A participação, em parceria com a equipe do piloto paranaense Ricardo Zonta (RZ MotorSport), é também em alusão às comemorações do centenário do time. O que explica o número do carro: 100. É o primeiro clube do futebol brasileiro a ter uma equipe de corrida na principal categoria de automobilismo do país.

Se as corridas despertarem a mesma paixão que o futebol nos corinthianos, o piloto Ricardo Zonta carrega uma grande responsabilidade. Desde a estreia, na primeira etapa de 2010 em Interlagos – São Paulo, foram apenas duas provas disputadas – a segunda foi aqui no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC). Zonta ocupa a 22ª posição.

A moda não é exatamente nova fora daqui. Existe até mesmo uma categoria que reúne apenas equipes de times de futebol. É a Fórmula Superliga, que tem dois times brasileiros participando: o próprio Corinthians e o Flamengo (RJ).

A Fórmula Superliga começou em agosto de 2008 com a intenção de reunir os dois esportes mais populares no mundo. Além dos dois brasileiros, enfrentam-se nas pistas AC Milan (Itália), AS Roma (Itália), Atlético de Madrid (Espanha), FC Basel (Suíça), FC Porto (Portugal), Galatasaray (Turquia), Girondins de Bordeaux (França), Liverpool FC (Reino Unido), Olympiacos (Grécia), Olympique Lyonnais (França), PSV Eindhoven (Holanda), RSC Anderlecht (Bélgica), Sevilla FC (Espanha), Sporting Clube de Portugal (Portugal) e Tottenham Hotspur (Reino Unido).

Comentários
Tags: , , , Categoria: Superliga

Motovelocidade no Autódromo Internacional de Curitiba

É neste fim de semana no Autódromo Internacional de Curitiba a 3ª Etapa do Campeonato Paranaense de Motovelocidade de 2010. A 2ª etapa aconteceu em Cascavel nos dias 1º e 02 de maio.

De acordo com a classificação atual, Guiomar Milani é o líder na categoria 250 cc com 47 pontos. Na 550 cc, Wadih Nassar sai na frente com 50 pontos e duas vitórias.

Na Streetsport, empate entre Fábio Panzatti e Luiz Silva, cada um com uma vitória. Com 47 pontos, o atual líder na Streetbike é Fernando Rossi. Na Supersport, Gilberto da Silva Júnior soma 50 pontos. E, finalmente, na Pró-Streetbike, Giovani Moceli, único a participar das duas etapas, lidera com 47 pontos.

A 1ª Etapa do campeonato neste ano foi realizada no AIC nos dias 12, 13 e 14. Foi um grande evento chamado Racing Day, que ainda contou com uma etapa da Copa Pinhais de Marcas e Pilotos e Desafio 201 metros de arrancada.

Comentários
Tags: , , Categoria: Motovelocidade

Conheça as principais Categorias do Automobilismo

Hoje vamos listar algumas das principais categorias do automobilismo.  E você, conhece todas estas?

Corridas de monoposto

Essa categoria tem como exemplo mais conhecido o campeonato de Fórmula 1. Os veículos são desenhados para ter maior velocidade e desempenho na pista.

Ralis
Competição disputada em vias públicas ou privadas, fora dos autódromos. Nessas provas conta a velocidade para percorrer um trecho ou percorrê-lo passando por todos os estágios no tempo mais próximo do determinado.

Offroad

Circuitos cheios de obstáculos para serem transpostos por veículos (jipes) com tração nas quatro rodas.

Stock Car

É uma das principais competições do país, disputada em circuitos ovais ou mistos. Os carros, apesar de modificados, matém características mais semelhantes aos carros de passeio.

Carros de Turismo

Campeonato de carros modificados, onde os veículos correm ao mesmo tempo em circuito fechado. O mais conhecido é o Campeonato Mundial de Carros de Turismo (WTCC), que tem sido iniciado em Curitiba há quatro temporadas. O de 2010 começa dia 07 de março no Autódromo Internacional de Curitiba.

Kart

Com veículos pequenos e de baixo custo, essa é geralmente a categoria em que muitos pilotos iniciam a carreira bastante jovens. As pistas específicas onde acontecem as provas são chamadas de kartódromos.

Comentários
Categoria: Automobilismo
Página 100 de 101« Primeira...979899100101